sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Sexta Noite, sexta e novo mandamentos: Não pecar contra a castidade e Não deseja a mulher do próximo

Noite de quinta-feira, 16 de outubro, os devotos de Santa Hedviges acolheram, em sua paróquia, o nosso querido e estimado Padre Libanor Picetti, Paróquia Santo Antônio de Alvorada. Como o tema central é os Dez Mandamentos, em sua homilia, Padre Libanor lembrou-nos de que os mandamentos e sacramentos são diretrizes para santidade: Não pecar contra a castidade e não desejar a mulher do próximo.

Somos seres humanos, e por sermos humanos pecamos, pecados estes que por sua vez nos afastam de DEUS, mas não somos julgados pelos pecados e erros, e sim por nossa falta de fé, ele citou um trecho da oração pela paz que diz: “não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa igreja”. 

Devemos ser fortes diante de tantas tentações que o mundo nos apresenta e procurar viver a nossa castidade e valorizar a nossa vida. Viver a palavra de DEUS, viver em comunhão com CRISTO, eis o caminho a ser seguido.

Fonte! Sítio oficial da nossa paróquia (com homilia e muitos retratos):

Quinta noite, quinto mandamento "Não Matarás"

"Não matarás!" Este foi o tema da Pregação de Padre Diego Jobim Garcia, pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Alvorada.

Em sua Homilia, Padre Diego refletiu com a comunidade a grandiosidade do mandamento “não matar”. Disse ele: vai muito além de matar no sentido de homicídio propriamente dito, mas não matar significa: não ver Deus em meu irmão. Somos todos filhos de Deus e toda vez que não cuido, que não preservo a vida do meu irmão, eu o estou matando. Devemos proteger a vida pois ela é sagrada, deveríamos amar ao nosso irmão do mesmo modo que amamos a Deus. Somos todos seus filhos e fomos criados  sua imagem e semelhança.

Ao final da celebração, Padre Diego e Padre Marcos concederam a Bênção aos objetos e, logo em seguida, foi concedida a Bênção da Saúde.

Fonte! Sítio oficial da nossa paróquia (com a homilia e muitos retratos):

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Quarta noite, quarto mandamento: "Honrar Pai e Mãe"

"Um Mandamento tão solene... tão bonito...
 
Quem honra seu pai e sua mãe, também será honrado pelos seus filhos e netos... e em outras gerações. Este bonito Mandamento... honrar sua família, honrar os pais... dar valor...

Dizemos: meus filhos são uma bênção. A maior bênção é os pais... os pais para os filhos.

Deus age nas pessoas... às vezes, de forma discreta... quietinha, mas Deus age. São coisas que estão agindo... reagindo... mudando."

Trecho da Homilia refletida pelo Padre Luis Inácio Flach, pároco da Paróquia São João Batista, Camaquã, na 4ª Noite da Octena em louvor a Padroeira da Paróquia Santa Hedviges.

Fonte! Sítio oficial da nossa paróquia. Veja também a homilia do Padre Luis Flach (Lula) e muitos retratos:  http://www.paroquiasantahedviges.org/index.php/noticias-da-paroquia/310-4o-noite-da-octena-em-louvor-a-santa-hedviges

Terceira noite, terceiro mandamento: "Guardar domingos e dias de festas"

"Boa noite, meu nome é Padre Luiz Maria de Barros e sou Vigário da Paróquia Nossa Senhora dos Anjos, em Gravataí." Foi neste tom alegre e de brincadeira que iniciamos a celebração desta terceira noite, já que o Padre Luizinho como é carinhosamente chamado por seus amigos e por membros de sua comunidade natal. Padre Luiz Maria é membro da comunidade e foi ordenado ainda neste ano, no dia 13 de março, em uma cerimônia completamente lotada. Disse, também, que era um prazer estar de volta e era visível a sua felicidade tanto quanto a dos fieis que ali estavam.
 
Em sua Homilia, abordou o Terceiro Mandamento: guardar domingos e dias de festas. Reforçou a importância do descanso na vida das pessoas. Nos dias de hoje, em que muitas vezes por buscar algo a mais, corremos tanto que não nos damos o descanso necessário. Deus nos deu a vida e é nosso dever cuidar bem dela. Ele mesmo, na criação do mundo, descansou devemos reservar um tempo para nós, um tempo para Deus em nossas vidas. Muitas vezes esquecemos até mesmo de agradecê-lo por tudo e por todas as suas obras em nossas vidas.

Fonte do texto acima, do retrato são do sítio oficial da nossa paróquia:

Também nesta postagem a homilia, a oração a Santa Hedviges e muitos retratos. 




segunda-feira, 12 de outubro de 2015

22ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida - Alvorada / RS

Aproximadamente, 20 mil fieis percorreram os 7 quilômetros da Romaria de Nossa Aparecida que, na sua 22ª edição, contou com a ocorrência de chuvas esparsas durante o trajeto até à Comunidade Nossa Senhora Aparecida, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Alvorada.

Na chegada à Gruta da Padroeira, os romeiros participaram da Missa que foi presidida por Dom Leomar Brustolin (Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre), e concelebrada por Padre Gelson Ferreira (Vigário Episcopal do Vicariato de Gravataí e pároco da Paróquia Santa Ana – Gravataí), Padre Libanor Picetti (Paróquia Santo Antonio – Alvorada), Padre Marcos Hartmann (Paróquia Santa Hedviges - Alvorada), Padre Diego Garcia (Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Alvorada) e Diáconos Gelásio, Luis, Salvador e Antônio Cardoso.

Em sua Homilia, Dom Leomar refletiu que "devemos atender ao pedido de Maria que disse a quem estava servindo no casamento de Canã na Galiléia: 'fazei tudo o que Ele vos disser'. Se atendermos aos pedidos de Deus, com certeza, seremos pessoas mais felizes e melhores".

Ao final da celebração, Dom Leomar concedeu a bênção da água que foi aspergida aos fieis e, em seguida, concedeu bênçãos da saúde e aos objetos de devoção.

No período da tarde, os diáconos concederam a bênção da saúde enquanto muitos continuaram em oração.

Fonte! Sítio oficial da nossa paróquia (veja também os retratos ali postados):



Segunda noite, segundo mandamento: "Não Tomar o Santo Nome em Vão"

Nesta noite de domingo, 11 de outubro, véspera de feriado, a comunidade da Paróquia Santa Hedviges acolheu como presidente da celebração, Padre Lucas Mendes, que meditou conosco o Segundo Mandamento da Lei de DEUS. Em sua pregação enfatizou que "o nome de DEUS é sagrado, e não devemos ficar ai meu DEUS pra cá, ai meu DEUS pra lá como de costume de muitos". 

Recordou, também, que "tempos atrás era costume se benzer ao passar defronte de uma Igreja, não sentar a mesa sem camisa ... Moisés ao ver a salsa ardente desamarrou suas sandálias pois o solo em que pisava era sagrado. O nome de DEUS é santo (SACRO) e não devemos usá-lo em vão, em juramentos mentirosos (juro por DEUS) devemos ter muito cuidado, somos batizados em nome de DEUS, e Ele nos chama pelo nome e então devemos cuidar também de nosso nome".

Foi uma celebração muito alegre e participativa contagiada, também, pela alegria do Padre Lucas.

Pedimos a DEUS que interceda por ele e por todos os jovens Padres para seguirem alegres em sua missão de levar o Evangelho a todos.

Fonte! texto acima e retratos desta celebração, veja clicando em: